Publikason ku Lansamentu

di

Asosiason Kabuverdianu pa Traduson di Bíblia

 

Índisi

Bu pode avansa na es pájina ku kel bara di dizlokamentu, na ladu direita, ô bu pode kalka
riba di un sekson na Índisi, li di baxu, pa avansa pa un sekson partikular.  Di la bu pode kalka
riba “Torna volta pa Índisi” na fin di kada sekson, y dipos kalka na otu sekson na Índisi.

 

Índisi

Lúkas y Átus

Kabuverdianu-Santiagu
Kabeverdiane-Sonsente

Marxa

Lúkas y Átus

Kabuverdianu-Santiagu

Lansamentu

Lúkas

Kabuverdianu-Santiagu

Lansaméntu

Prémiu

Stória

di
Natal

 

Biblia

*Nuvidade*

Lúkas y Átus

Publikason di Unifikason

 ku Kabuverdianu-Santiagu y Kabuverdianu-Sonvisenti 

publikadu ladu-ladu na mésmu pájina

Lúkas y Átus

Publikasãu de Unifikasãu

 ke Kabeverdiane-Santiage y Kabeverdiane-Sonsente 

publikóde lóde-a-lóde na mesme pájina

Pa kunpra es libru,
kalka na libru,
ô na link li di baxu.
Pa konprá es livre,
kalká na livre,
ô na link li de bóxe.

http://www.lulu.com/content/paperback-book/b%c3%adblia-na-prugr%c3%a9su-di-traduson-kabuverdianu-santiagu-y-kabeverdiane-sonsente/14398637

 

 


Torna volta pa Índisi

 


Marxa

Márxa di igrejas na

 Dia Internasional di Bíblia 

Marxa de igrejas na

 Dia Internasional de Bíblia 

 

    

 

    

     

    

 

    

 

Odja raportaji na TCV  

  Oiá reportájen na TCV

http://videos.sapo.cv/J1zPF070dM1qpkCY1HnM

Kalka na fotografia ô na link li di riba  |  Kalká na fetografia ô na link li de sima

 


Torna volta pa Índisi

 


Atus

Atus di Apóstulus

Na Kabuverdianu-Santiagu

Na 2009

 

Trabadju di traduson di Atus

 

Trabadju di rivizon di Atus

 

 

Publikason

                             

Bíblia 

Na Prugrésu Di Traduson Pa Lingua Kabuverdianu

(Ilha di Santiagu)

Ivanjélhu di Lúkas

(Sugundu Idison)

-ku-

Atus di Apóstulus

(Purmeru Idison)

Ku Disionáriu y Mapas di Bíblia na fin

Traduzidu

di testu orijinal na língua gregu

Sta di bénda na

Biblioteca Nacional

 

 


Torna volta pa Índisi

 


Lansamentu di Atus

Lansamentu di 

Bíblia 

Na Prugrésu Di Traduson Pa Lingua Kabuverdianu

(Ilha di Santiagu)

Ivanjélhu di Lúkas

(Sugundu Idison)

-ku-

Atus di Apóstulus

(Purmeru Idison)

na

Bibliotéka Nasional di Praia

4 di Junhu di 2009

 

 
Méza di Prizentason Méza di Bénda

 

 
Letura di uns versiklu pa konvidadus
   
 
Konvidadus Sertifikadus di gradisimentu

 


Torna volta pa Índisi

 


LÚKAS

Ivanjélhu di Lúkas

Na Kabuverdianu-Santiagu

Na 2005

 

   

Trabadju di traduson di Lúkas

 

 

Publikason

                             

Lúkas - Notísia Sabi di Jizus

— Tirseru Ivanjélhu di Nóbu Tistamentu na Bíblia Sagradu —

 Traduzidu

di testu orijinal na língua gregu

 Pa Kabuverdianu-Santiagu

Sta di bénda na

Biblioteca Nacional

 

 


Torna volta pa Índisi

 


 

Lansaméntu di Lúkas

Na Kabuverdianu-Santiagu

na

Bibliotéka Nasional di Praia

18 di Agostu di 2005

 

 
Méza di Prizentason Méza di Bénda
   
 
Sertifikadus di gradisimentu Konvidadu
   
 
Bénda di Lúkas Intrevistas

 

 


Torna volta pa Índisi

 


 

Prémius pa Lúkas

 

Prémius pa Lúkas

Na Kabuverdianu-Santiagu

di

Asosiason di Skritoris
Kabuverdianu

y

Ministru di Kultura

na

Bibliotéka Nasional di Praia

30 di Maiu di 2006

   
 
Diginitárius Uns ménbru di Asosiason
    
  
Prizentador di Óbra Prizentason di Prémiu
Eutrópio Lima da Cruz Min. di Kultura, Dr. Manuel Veiga y Rev. David Araújo

 

 

Intervenção de Eutrópio Lima da Cruz

Por ocasião da entrega de prémios culturais da
Associação de Escritores Cabo-Verdianos
(Prémio de Língua Cabo-Verdiana)

Praia, 30 de Maio de 2006

Senhor Presidente da República, Excelência, Senhor Ministro da Cultura, Excelência, Senhor Presidente da Associação de Escritores Cabo-Verdianos, Senhores Membros da Associação de Escritores Cabo-Verdianos, Minhas Senhoras, Meus Senhores

Correm já céleres os três minutos que me foram concedidos pelo Sr. Presidente da Associação de Escritores Cabo-Verdianos, Dr. Corsino Fortes. Indo directamente ao assunto, gostaria em primeiro lugar de cumprimentar Vossas Excelências.

Em segundo lugar, felicitaria os autores e os trabalhos ex-aequo galardoados, no domínio da Língua Cabo-Verdiana. Particularmente grato é-me referir o trabalho LÚKAS, NOTÍSIA SABI Dl JIZUS, da Associação Cabo-Verdiana para a Tradução da Bíblia. Com o mesmo, está sendo qualificado um trabalho em língua materna e nacional. Trata-se de obra que, por opção, utiliza literariamente a língua nacional, com um espantoso domínio do alfabeto experimental, o ALUPEC. A morfologia, a sintaxe e a capacidade idiomática mergulham na nossa capacidade linguística real e profunda. Fica demonstrado, e de que maneira!, que os preconceitos ainda existentes entre nós sobre a capacidade literária gráfica da Língua Cabo-Verdiana, poderão ter como principal suporte o talvez culpável desconhecimento dessa tão económica quanto formidável ferramenta, que é o ALUPEC. Na vida, as coisas ficam monstruosas, enquanto se lhes desconheça a essência. Os autores demonstram por A + B que, galgando o patamar da oralidade, a língua nacional cabo-verdiana é capaz, mais que suficientemente, de ser língua literária grafada, com toda a largueza da coerência. E olhem, meus Senhores e minhas Senhoras, o tratamento grafado do Evangelho de Lucas, nada tem de tradução literária ou coisa que se pareça. Os autores embrenham-se nas virtualidades idiomáticas da língua, neutralizando o perigo actual, real e extremamente virai, veiculado por quantos, no seu proceder, aportuguesam construções crioulas ou crioulizam construções portuguesas, vendendo nem carne nem peixe. Tenho já dito, está neste último tratamento um dos mais mortais inimigos tanto da Língua Portuguesa quanto da Língua Cabo-Verdiana. E o aviso poderá ser bem sério.

Quantos se aventuraram já a ler o Lúkas, Notísia sabi di Jizus, ter-se-ão dado conta de como estou falando verdade. Aos que não tenham feito a leitura, que se encontram por conseguinte perdendo, recomendo-a, com senso observador e crítico de como uma língua, entidade viva, faz-se fazendo.

Fica o repto para que nas próximas atribuições de prémios, sem prejuízo de pronunciamentos teóricos mormente autorizados, que poderão ser obviamente em língua portuguesa, como ocorre presentemente, possam apresentar-se a prémio trabalhos vernáculos em Língua Cabo-Verdiana, com sustentabilidade, sustentação e direito próprios, pois que os desafios são reais e as virtualidades da nossa língua surgem dotadas de factibilidade. Felicitando os autores, desejo a Vossas Excelências boa leitura. E ao espaço literário produtor cabo-verdiano, desejaria fazer comungar estas, para mim, teses, que interpelam e desafiam.

 

A todos, muito obrigado.

 

 


Torna volta pa Índisi

 


Stória di Natal

Stória di Natal

Na Kabuverdianu-Santiagu

Na 2001

 

Trabadju di traduson di Stória di Natal

 

 

Publikason

              

              

Stória di Natal

di Lúkas kapítulus 1 y 2

di tirseru Ivanjélhu di Nóbu Tistamentu na Bíblia Sagradu

Traduzidu

di testu orijinal na língua gregu

 Pa Kabuverdianu-Santiagu

 

 

Selebrason pa traduson di Stória di Natal

 

 


Torna volta pa Índisi

 

 

Asosiason Kabuverdianu pa Traduson di Bíblia

Un asosiason pa djunta partisipason di gentis di varius grexa di Kabu Verdi y se diáspora

na un prujétu pa traduson di Bíblia pa Língua Kabuverdianu.

Es Asosiason é un grupu sen lukru.

Tudu rendimentu di ofértas y bénda di ses publikason ta uzadu na dispéza di prujétu di traduson di Bíblia, ki sa ta kontínua.